Componentes seguros

Image
visuel video ingredients surs

A preocupação associada aos componentes controversos está no coração das nossas preocupações. O nosso objetivo é trazer-lhe elementos palpáveis e científicos sobre estes componentes, visando tranquilizá-lo, esclarecendo-o e orientando-o na sua escolha.

 

Image
reasearch on Compact

Os componentes cosméticos não são escolhidos ao acaso

O regulamento cosmético europeu evolui muito regularmente, cinco a seis vezes por ano, de forma a considerar o progresso da ciência. As decisões são adotadas pelas autoridades de saúde dos Estados membros por proposta da Comissão Europeia. Elas são baseadas no parecer de especialistas europeus independentes, vindos de diversos Estados membros, reunidos no Comitê científico de segurança do consumidor (SCCS).

Função e classificação dos componentes utilizados nos produtos dermocosméticos

Protetor solar Silicones Emollientes Conservantes (antimicrobianos)
Dióxido de titânio Ciclometicona Óleos minerais Propilparabeno
  Ciclopentasiloxano   Butilparabeno
  Dimeticona   Metilparabeno
      Etilparabeno
      Fenoxietanol

Se desejar saber mais sobre os componentes utilizados nas marcas do grupo Pierre Fabre, entre em contacto connosco 

 

 

OS CONSERVAANTES

Os conservantes permitem evitar a contaminação do produto por fungos e bactérias. Sem eles, o produto pode deteriorar-se e representar um risco real para o consumidor durante a sua utilização.

Os parabenos:
  • A sua função: Apesar dos rumores e informações erróneas, eles são conservantes muito eficazes e pouco alergénicos. São encontrados, no seu estado natural, por exemplo, nos morangos, cenouras, cebolas e na geleia real.

  • Para a sua segurança: Os parabenos são as substâncias mais analisadas pelos peritos toxicológicos visto que são muito numerosos e utilizados em muitos produtos (por exemplo, nos alimentos). Apenas são utilizados quatro conservantes na cosmética: METILPARABENO, ETILPARABENO, PROPILPARABENO e BUTILPARABENO. Eles seriam falsamente suspeitos de serem desreguladores endócrinos pois nenhum estudo mostra qualquer efeito sobre os sistemas hormonais.
O fenoxietanol:
  • A sua função: O FENOXIETANOL é um conservante eficaz e muito bem tolerado. É encontrado, no seu estado natural, por exemplo, no chá verde e na chicória. Ele é alvo de numerosas alegações, geralmente infundadas e sem base em qualquer dado científico sólido. Ele é normalmente acusado de provocar distúrbios do fígado se for ingerido. Os dermocosméticos das marcas do grupo Pierre Fabre destinam-se a ser aplicados na pele e não ultrapassam a barreira cutânea.
  • Para a sua segurança: O Comité d'experts Scientifiques pour la Sécurité des Consommateurs (CSSC), (em português, o Comité de Peritos Científicos para a Segurança dos Consumidores) reafirma que o fenoxietanol é absolutamente seguro, quando aplicado na pele, para todas as faixas etárias, inclusive nos bebés, com exceção para aplicação na região das fraldas.

OS PROTETORES SOLARES

  • A sua função: Os protetores solares permitem proteger, de modo eficaz, a pele dos perigos do sol e, sobretudo, previnem o aparecimento do cancro da pele. Os protetores solares químicos são suspeitos de serem desreguladores endócrinos e de provocarem danos ao meio ambiente marinho. Os protetores solares minerais, sob a forma Nano, como o dióxido de Titânio (TiO2), são suspeitos de ultrapassar a barreira cutânea tendo em consideração o seu tamanho pequeno.
  • Para a sua segurança: Até esta data, não existem provas científicas confirmadas em termos de risco para a saúde. As numerosas controvérsias provocadas pelos média provocaram dúvidas, embora o que é essencial é proteger-se dos UV:  Segundo a OMS, em 2017, 1 em 3 cancros era um cancro de pele relacionado com a exposição ao sol. 

Os protetores solares, a sua natureza e a sua concentração máxima de utilização, Nano ou Não Nano, são enquadrados pela regulamentação europeia e reavaliados, para a sua segurança, por uma entidade independente: o Comité de Peritos Científicos para a Segurança dos Consumidores (CSSC). 

Os nossos estudos demonstraram que o Dióxido de Titânio Nano utilizado pelo grupo Pierre Fabre não penetra significantemente na pele e não apresenta perigo de inalação. Ele é mesmo utilizado sob a forma de spray.

As marcas Eau Thermale Avène e A-DERMA (grupo Pierre Fabre) escolheram utilizar apenas 4 protetores solares com concentração reduzida de forma a garantir uma proteção solar ideal para a pele, limitando o impacto no ambiente marinho.

Aliás, melhoramos a biodegradabilidade das nossas fórmulas removendo os silicones e os protetores solares que solubilizam na água.

OS SILICONES

  • A sua função: Os silicones (CICLOPENTASILOXANO, DIMETICONA, CICLOMETICONA…) apresentam excelentes propriedades sensoriais: eles melhoram o toque (sensação deslizante, alisadora) e o acabamento (em pó, mais seco, matificante). Hoje, suspeita-se que eles permanecem no ambiente aquático, sufocam a pele e o couro cabeludo e são desreguladores endócrinos embora nenhuma publicação científica comprove esta teoria
  • Para a sua segurança: Os silicones são considerados componentes seguros pelas autoridades regulamentares internacionais, entre elas o Comité de Peritos Científicos para a Segurança dos Consumidores (Comité d'experts Scientifiques pour la Sécurité des Consommateurs - CSSC). São materiais quimicamente inertes, bem tolerados pela pele, não comedogénicos, não irritantes e não alergénicos
  • .
  • O grupo Pierre Fabre decidiu utilizar somente o Ciclopentasiloxano (D5) e a Ciclometicona em concentrações reduzidas. Eles foram considerados seguros mas sofrem com a má reputação do Ciclotetrasiloxano (D4) que não utlizamos e é proibido.

 

 

OS ÓLEOS MINERAIS

  • A sua função: Os óleos minerais hidratam e melhoram o toque e a dispersão de um produto cosmético e são utilizados nos cosméticos há décadas. Eles são acusados de ser cancerígenos visto que são confundidos com os óleos minerais de utilização industrial.
  • Para a sua segurança: A ausência de risco destes óleos foi recentemente confirmada pelo Instituto Federal Alemão de Avaliação de Riscos (BFR). Eles não têm absolutamente qualquer risco para a saúde dos consumidores e são conhecidos pela sua excelente tolerância e as suas propriedades de proteção e de hidratação.
  • Na Pierre Fabre, os óleos minerais utilizados são extremamente puros e de qualidade farmacêutica. Eles não são, de modo algum, óleos para utilização industrial.